Blog da Associação Amigos das Artes de Trás-os-Montes e Alto Douro

09
Ago 08

CINEMA

Jaime Marques -  num longo filme

 

Anos 80 - o pintor no Fantasmear

 

( DE ANTÓNIO CABRITA )

 

Em Guimarães tive o compungido prazer de assistir à projecção dum filme, denominado

RAP/TRAFIC, que tem por único condão constituir uma fonte inesgotável para uma

investigação sociológica, pois mobilizou algumas CENTENAS de pessoas, todas do

LUMPEN, que aí empenharam o seu sincero esforço e a mais funda crença sobre os

padrões em que a representação se deve movimentar. A trama circula à volta do rapto

e tráfico de raparigas inocentes que, depois duma lavagem cerebral, são docilmente

encaminhadas para a prostituição, ao que conjuga uma denúncia dos perigos da noite

e dos bares.

Desta crítica, diz o pintor Jaime Marques, como realizador deste filme:

Foi sem dúvida alguma, uma bela experiência,  fazer um filme de longa metragem em

S/8mm que me levou 3 anos.

Foram horas e horas perdidas de sono para fazer a história e todo o esquema das

operações anexas às fimagens. Custou-me este trabalho, num esgotamento cerebral.

 

 

publicado por aaatmad às 09:53

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Participantes
pesquisar
 
blogs SAPO